FREDERICO ROCHAFERREIRA
www.sitefilosofico.com
Membro da Oxford Philosophical Society

 
Miguel Nicolelis


Não te Querem no Brasil?

Por Frederico Rochaferreira



O

médico paulista Miguel Nicolelis concluiu o doutorado na USP e logo iniciou suas pesquisas, uma novidade que envolvia computador e medicina. Estamos falando dos anos 80.

No entanto, todas as suas ações tinham que passar obrigatoriamente por seus chefes de departamento, os professores titulares da Universidade de São Paulo- USP, Instituição em que realizava seus estudos e que na sua visão, formavam um verdadeiro feudo, cerceando a liberdade na elaboração das pesquisas que desenvolvia. Este engessamento gerou atritos e Nicolelis deixa então a USP e vai para os EUA fazer Pós-doutorado. Logo no primeiro ano de estudo, teve um trabalho publicado na revista Science, uma das mais prestigiadas do mundo, o que seria motivo de orgulho para a ciência brasileira. Esperançoso em retornar ao Brasil e prosseguir suas experiências com independência por aqui, teve a decepção de ver a reação contraria do meio acadêmico, falamos da (USP), ao seu sucesso lá fora, e a resposta que obteve, foi a de que não precisaria voltar, por que não teria espaço por aqui. No Hospital Universitário Hahnemann, na Filadélfia, onde estudava, a notícia repercutiu, foi quando seu orientador o Dr. John Chapin, disse: “Não te querem no Brasil? Mas nós te queremos”. Miguel Nicolelis foi considerado um dos 20 maiores cientistas do mundo pela revista Scientific American e lá permanece, na Universidade de Duke, desenvolvendo suas pesquisas.