FREDERICO ROCHAFERREIRA
www.sitefilosofico.com
Membro da Oxford Philosophical Society







Enquanto os pesquisadores americanos, ingleses, japoneses, alemães e outros mais produzem ciência, nossos pesquisadores, com todo o privilégio, produzem papel









   FAZEmOS CIÊNCIA?




Por Frederico Rochaferreira



O

Brasil é o único país do mundo onde há privilégios oficiais na área de pesquisa, já que o CNPq mantém um ranking de pesquisadores por trabalhos científicos publicados em revistas especializadas. Este ranking indica as linhas de financiamento; quanto maior o número de trabalhos publicados, mais conceituado é o pesquisador.

É verdade que hoje no Brasil, há uma grande quantidade de trabalhos científicos publicados em revistas internacionais de muito boa qualidade, entretanto esses trabalhos exercem pouca influência junto à comunidade científica ou mesmo para o conjunto da sociedade, e a despeito de ter aumentado o número de artigos publicados, diminuíram-se as citações, ou por falta de qualidade ou por falta de credibilidade. Isso significa que; enquanto pesquisadores americanos, ingleses, japoneses, alemães e outros mais produzem ciência, nossos pesquisadores, com todo o privilégio, produzem papel.

Para saber mais ver matéria da Veja:

Uma praga da ciência brasileira












Albert Einstein

“Para levantar novas questões, novas possibilidades, considerar velhos problemas por um novo ângulo, requer imaginação, essa é a marca real no avanço da ciência.”